Livresco’s Weblog

O que vou lendo por ai…

Armando Esteves Pereira: O golpe do BPN

O caso BPN arrisca-se a ser um buraco sem fundo para os contribuintes. As imparidades, os prejuízos de actividade e as necessidades de capital injectado pela Caixa Geral de Depósitos elevarão a factura acima dos dois mil milhões de euros.

Oliveira e Costa é até agora o único detido. E se acreditarmos nas declarações dos seus mais directos colaboradores na comissão parlamentar de inquérito, o ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais é um verdadeiro génio malévolo.

Oliveira e Costa merece um lugar de destaque na lista de autores de maiores golpes financeiros do Mundo, maior ainda do que Madoff, dado que os custos do BPN no PIB português não andarão longe de 1,5%, enquanto os cinquenta mil milhões de dólares de Madoff pesam muito menos no PIB americano. É difícil acreditar na ingenuidade de homens de vasto currículo que só cumpriam ordens de um todo-poderoso presidente.

Ex-ministros, gestores de prestígio, com influência social, reduzidos ao papel de simples executores de tarefas, parece uma história digna de conto de fadas. Apesar dos lapsos de memória de alguns ex-colaboradores de Oliveira e Costa, esta comissão de inquérito tem feito um excelente trabalho. Pelo menos agora os portugueses ficaram a saber mais sobre os negócios absurdos que terão de pagar.

Fonte: Correio da Manhã de 06.05.2009

Anúncios

06/05/2009 Posted by | Política: artigos de opinião | , , | Deixe um comentário

Do Sol: BPN ocultou 129,5 milhões de euros em offshore de uma vez só

O BPN ocultou 129,5 milhões de euros da venda da empresa brasileira ERGI, em 2006, através de uma sociedade offshore controlada pelo grupo Sociedade Lusa de Negócios (SLN), apurou a Lusa com base nos registos oficiais

Segundo os registos da Junta Comercial de São Paulo, a ERGI Empreendimentos era detida em 20 por cento pelo BPN e em 80 por cento pela Swiss Finance, uma offshore que o Banco de Portugal, numa carta remetida em Junho à administração do BPN, e a que a Lusa teve acesso, identifica como pertencente à SLN (a proprietária do banco).

Um antigo responsável da SLN, que pediu para não ser identificado, confirmou à Lusa que a Swiss Finance é, de facto, uma das várias sociedades offshore controladas pelo grupo.

A ERGI, cujo principal activo era o complexo imobiliário JK, em São Paulo (ver cronologia), foi vendida em Dezembro de 2006 ao grupo brasileiro WTorre, por 135 milhões de euros. Mas no relatório e contas desse ano, a administração do BPN refere um encaixe de apenas 5,5 milhões de euros com a operação, o que significa que os restantes 129,5 milhões de euros não foram incluídos nas contas do banco.

Cerca de 20 meses depois, em Agosto deste ano, a Torre de São Paulo – uma das três que fazem parte do complexo JK – foi vendida ao Banco Santander por 1,06 mil milhões de reais (438 milhões de euros, ao câmbio de então).

A ERGI Empreendimentos é a empresa brasileira do Grupo SLN onde, conforme avançou a Lusa a 13 de Novembro, o BPN injectou cerca de 230 milhões de euros, na forma de empréstimos concedidos pelo Banco Insular de Cabo Verde, uma instituição offshore que a SLN controlou de forma clandestina durante vários anos.

Os empréstimos concedidos à ERGI não chegaram a ser liquidados, pelo que deverão fazer parte dos cerca de 407 milhões de euros em crédito malparado que, segundo o Banco de Portugal, consta do balanço do Insular.

Segundo a Junta Comercial de São Paulo, o administrador da ERGI na altura da venda à WTorre era Jorge Vieira Lobo de Sousa, um cidadão português com residência em São Paulo.

A Lusa tentou obter esclarecimentos junto do responsável, mas não foi possível.

Contactada pela Lusa, fonte oficial do BPN não quis fazer comentários.

O Ministério Público e o Banco de Portugal estão a investigar alegadas irregularidades praticadas pela anterior administração do BPN, liderada por José de Oliveira e Costa, que se encontra detido, a aguardar julgamento, por suspeitas de burla, branqueamento de capitais e evasão fiscal, entre outros crimes.

Lusa/SOL

LINK

25/11/2008 Posted by | Política: notícias | , , , , , | Deixe um comentário