Livresco’s Weblog

O que vou lendo por ai…

Alguém os informou e se os investigassem…: Documentos enviados para Cabo Verde – BPN fugiu à Operação Furacão

O BPN fintou a Polícia Judiciária e a Procuradoria Geral da República quando, em 2005, enviou todos os documentos relativos a clientes com contas abertas em offshores num contentor para Cabo Verde. A operação foi realizada até à noite que antecedeu as buscas levadas a cabo pelo Ministério Público, no âmbito da Operação Furacão.

“Confirma que quando ocorreram buscas no BPN, a 20 de Outubro. 2005 de grande parte do arquivo, relacionado com operações offshores, já tinha sido removido do banco?” A questão foi lançada por Nuno Melo, deputado do CDS-PP, na comissão de inquérito parlamentar”. Ricardo Pinheiro, ex-director de operações do BPN e actual quadro do banco Sol, em Angola, admitiu no Parlamento que “de facto, quando a Operação Furacão entrou no BPN, os arquivos contendo toda a informação de clientes com contas em offshores já tinham sido retirados e estavam preparados para ser enviados para Cabo Verde”.

Ao que o CM apurou, o BPN foi avisado das buscas por telefone. Nesse mesmo fim de semana, accionou um conjunto de funcionários que retirou a papelada da sede do banco. Segundo o ex-quadro do BPN, no dia em que se efectuaram as buscas ‘todos os processos de abertura de conta e os processos de crédito tinham já sido retirados e estavam em trânsito para Cabo verde”. Ricardo Pinheiro explicou aos deputados que foi um dos elementos do banco que participou no processo de remoção, avançando que “o processo ocorreu em várias estruturas do banco em vários pontos do país”.

Ricardo Pinheiro garantiu ainda que a ordem foi dada por Oliveira Costa, “na sequência da decisão do conselho de administração”. “Eram documentos que tinham a ver com BPN Cayman e BPN IFi e processos de clientes que tinham contas em estruturas offshore”, referiu o bancário, assumindo que “há dois anos os documentos ainda lá estavam”, em Cabo Verde. “Estava a ser feito um processo de digitalização do arquivo.” Quando a PGR entrou no banco, já os documentos estavam num contentor, no Porto de Lisboa, a aguardar para serem encaminhados para cabo Verde.

O actual quadro do banco Sol afirmou também que o surgimento do segundo balcão do Insular, que continha operações fora das contas, aconteceu porque foram ultrapassados os limites legais dos montantes relevados no Banco Insular formal. “As operações eram lançadas no sistema informático e a partir de determinado momento o volume dos mesmo ultrapassava os limites legais”, assumiu. “Foi-nos transmitido pelo Dr. Oliveira Costa para abrirmos um segundo balcão para que fossem transferidas as operações que ultrapassassem os limites legais face”, avançou, adiantando que ‘as operações eram alocadas num balcão ou ao outro em função dos capitais e dos rácios”.

‘As operações sobre os clientes que tinham contas sedeadas no Banco Insular vinham de três origens”, explicou o bancário, revelando que a primeira era “via administração, via o Dr. Oliveira Costa”. “Havia operações que nos eram dadas a conhecer através do Dr. Luís Caprichoso e da sua equipa”, acrescentou, afirmando também que havia ordens que surgiam de “outras direcções, como a do private”.

Ricardo Pinheiro assumiu também ter consciência de que a titularidade do Insular estava ligada à SLN “Mesmo que nunca tivesse sido explicitamente dito que o banco era SLN, era subentendido.” Questionado sobre um eventual conhecimento do Banco de Portugal em relação às operações para o Insular, o ex-quadro do BPN foi claro: “Não vejo como que houvesse forma de o BdP ter conhecimento dos lançamentos.’

Fonte: Correio da Manhã de 16.04.2009

Anúncios

16/04/2009 - Posted by | Política: notícias | ,

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: