Livresco’s Weblog

O que vou lendo por ai…

Paulo Martins: Futebol faz de conta

[…] No mundo real, saber se o emprego se conserva para lá do fim do mês é o que, por estes dias, ocupa as cabeças. Nada melhor, portanto, do que desviarmos o olhar para o futebol. Discutir, como se disso dependesse o futuro da […] Humanidade, se a bola entrou mesmo na baliza, se o toque dado pelo defesa dentro da área foi suficientemente intenso para o mergulho do avançado, se o meu clube foi esta época mais roubado do que os outros (para não desgastar em excesso o cérebro do leitor, faço o meu registo de interesses: sou adepto do Sporting; simples adepto, não sócio).

Crise não é palavra que entre no léxico do futebol, um dos mais formidáveis instrumentos de fuga à realidade até hoje inventado. Dos três F do tempo do salazarismo é o que sobrevive mais pujante. O fado, rejuvenescido de vozes e de espírito, deu para este peditório o que tinha a dar. E Fátima já não é só para consumo interno.

A mais apressada conclusão seria que ao futebol nacional, de faz de conta, ninguém confere um pingo de credibilidade. Puro engano. A avaliar por um estudo cujos contornos o JN revelou na edição de ontem, as marcas que patrocinam o futebol não têm razões de queixa. Quanto mais “bernardas”, melhor.

Fonte: Jornal de Notícias de 26.03.2009

Anúncios

26/03/2009 - Posted by | Política: artigos de opinião |

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: