Livresco’s Weblog

O que vou lendo por ai…

O fascismo está de volta – não abram os olhos que não é preciso!: ERC – Aprecia queixas sobre ‘jornal nacional de 6.ª’ da TVI “Nenhuma notícia foi desmentida”

Manuela Moura Guedes, jornalista e coordenadora do 'Jornal Nacional de 6ª' da TVI
Manuela Moura Guedes, jornalista e coordenadora do ‘Jornal Nacional de 6ª’ da TVI

É extraordinário. É a primeira vez que vejo um comunicado da ERC a dizer que está a apreciar queixas sobre um jornal. E a uma quinta-feira. Curioso.” É assim que Manuela Moura Guedes reage ao comunicado emitido ontem pela Entidade Reguladora, intitulado ‘ERC Aprecia Queixas sobre Jornal Nacional da TVI’.

“É ridículo, mas grave. A ERC deve ter queixas de outros jornais, mas não emite comunicados. Este é original” sublinha a coordenadora do ‘Jornal Nacional de 6ª’. Manuela Moura Guedes desconhece a origem das queixas, mas diz que, “desde o congresso do PS [de 27 de Fevereiro a 1 de Março], vários membros do partido, numa estratégia política, se lembraram de eleger um jornal e o director de um canal como autores da ‘campanha negra'”.

O CM apurou que as queixas na ERC se referem ao ‘Jornal Nacional de 6ª’ de 13 de Fevereiro, e foram apresentadas por quatro cidadãos “que se dizem indignados com a forma como o primeiro-ministro foi tratado”. A ERC já fez o pedido de contraditório à TVI. O comunicado refere que as queixas “têm como objecto a alegada violação de princípios éticos ou legais por parte da TVI”, no citado jornal.

“Até agora nenhuma notícia nossa foi desmentida”, frisa Moura Guedes. “Mas se o quiserem fazer aceitem vir ao jornal. Até hoje nenhum membro do Governo aceitou vir esclarecer os portugueses. Ainda recentemente o procurador foi à RTP e à SIC e disse não poder vir ao meu jornal. Nem as ministras da Saúde e da Educação. Nunca têm agenda ou disponibilidade. Só espero que a ERC não venha dizer que há falta de pluralismo. Membros da Oposição aceitam vir e do PS não. Nem o primeiro-ministro. Este jornal fala verdade e a prova é que tem sido o favorito dos portugueses.”

NOTICIÁRIO LÍDER DE AUDIÊNCIA

O ‘Jornal Nacional de 6ª Feira’, TVI, de dia 13 de Fevereiro foi o noticiário mais visto na semana de 9 a 15 de Março. Nesse dia, o jornal apresentado por Manuela Moura Guedes registou uma audiência de 13,8% (correspondente a 1 304 700 telespectadores) e um share de 33,1%. Na mesma semana, o melhor ‘Jornal Nacional’ (TVI) teve 13,1% de audiência e 31,8% de share. O ‘Telejornal’, RTP 1, mais visto nessa semana registou 13% de audiência e 31,9% de share e o melhor ‘Jornal da Noite’, SIC, teve 11,6% de audiência e 28,1% de share.

Fonte: Correio da Manhã de 20.03.2009

Anúncios

20/03/2009 Posted by | Política: notícias | , | 1 Comentário

É a chamada corja pudica! – mas eles não estão lá para trabalhar? Então qual é o problema?: Deputados socialistas temem falta de privacidade

Os deputados socialistas estão preocupados com as condições de privacidade que terão na sala do plenário, depois de concluídos os trabalhos de modernização. Querem que o presidente da Assembleia da República tome medidas preventivas para se evitarem violações da privacidade, por parte dos operadores de imagem da Comunicação Social.

É que já houve casos de mensagens de telemóveis que foram fotografadas e acabaram nos jornais. Receiam que isso volte a acontecer com os computadores que serão instalados no hemiciclo. Mas Jaime Gama não pretenderá actuar.

O tema foi levantado por António Galamba, na reunião de ontem da bancada do PS. “Relembrei as questões que tenho levantado na Comissão de Ética e na Conferência de Líderes”, confirmou, ao JN, lembrando o caso de uma fotografia do telemóvel de um deputado que saiu num jornal nacional diário, em que lê “claramente” a mensagem que estava a enviar para a sua esposa. [COMENTÁRIO: SE CALHAR ERA PARA A AMANTE OU AINDA MAIS CHATO PARA O AMANTE SENDO O TIPO CASADO…]

O caso remonta a Novembro e foi abordado na Comissão de Ética, cujo presidente levou a questão a Jaime Gama. Mas o presidente do Parlamento optou por não intervir, considerando que um deputado lesado deve actuar indivualmente, já que esse tipo de situações configuram um crime.

António Galamba defende, contudo, que devem ser tomadas medidas preventivas. “É uma questão de bom-senso. Penso que uma conversa com os jornalistas parlamentares bastaria”, acredita. No entanto, Gama não a pretenderá promover nem a Direcção da bancada do PS.

Fonte: Jornal de Notícias de 20.03.2009

20/03/2009 Posted by | Política: notícias | Deixe um comentário

Portugal bateu no fundo – mas a questão é que o fundo é pantanoso e fede…: Eduardo Dâmaso – Provedor de justiça

O PS ficou escandalizado com as declarações do ainda provedor de justiça, Nascimento Rodrigues, sobre o alegado “apetite” que o partido terá pelo cargo, explicando assim o inaceitável impasse que se vive na nomeação de uma nova personalidade.

Os socialistas lá terão as suas razões para a irritação, mas há uma coisa que estas afirmações de Nascimento Rodrigues destapam: se o PS não tem o tal apetite, pelo menos parece. A menos que alguém produza outras explicações, só mesmo algum apetite pela função explicará o facto de há mais de seis meses não se conseguir encontrar um nome.

Num País em que não abundam os génios mas se vende ‘personalidades’ ao desbarato, é no mínimo estranho que os dois partidos de poder não encontrem uma alma disponível para o lugar. Mas se isso se fica a dever à existência do tal “apetite” pelo cargo, então o PS, ou alguém dentro dele, perdeu mesmo a cabeça. O provedor de justiça é um cargo importante na pura perspectiva da cidadania. É, hoje em dia, das pouquíssimas instituições que, apesar de ter um poder apenas de recomendação, ainda luta pelos direitos do homem comum. Se, até aí, crescer a lógica implacável do emprego político, seja ele do PS ou do PSD, então a claustrofobia do regime será total.

Fonte: Correio da Manhã de 20.03.2009

20/03/2009 Posted by | Política: artigos de opinião | | Deixe um comentário

Obsceno só? – eu diria nojento!: Manuel António Pina – Um negócio obsceno

Os 38 apartamentos de luxo construídos no edifício que foi a sede da PIDE, em Lisboa (“um edifício com história” que, diz a imobiliária, se mostra “novamente orgulhoso da sua herança”) estão a ser vendidos convidando os compradores a “reviver tempos de esplendor” e um passado de “luzes a reflectirem-se nas pratas do aparador e nas vestes de gala de cavaleiros e damas”.

A suja história de sangue e horror do edifício e os gritos de dor de milhares de portugueses que as “velhas e nobres paredes com um metro de espessura” abafavam, são agora, pelo turvo milagre da usura, uma memória doirada, transbordante de festas e de bodas, e de duques, príncipes e embaixadores. Num país onde o dinheiro compra tudo, até a memória colectiva, os antigos torturadores tornaram-se “copeiros e gentis homens” ao serviço de ricaços e recém-chegados ansiosos por reconhecimento. Bem pode o poeta clamar que “com usura homem algum terá casa de boa pedra” e que “com usura, pecado contra a natureza,/ sempre teu pão será rançosa côdea”; os usurários não têm pesadelos nem temem fantasmas. O esquecimento é o seu “estilo de vida”.

Fonte: Jornal de Notícias de 20.03.2009

20/03/2009 Posted by | Política: artigos de opinião | | 2 comentários

CONCURSO PARA PROVEDOR pré-requisito: xuxalista

provedor

Nascimento Rodrigues refere na visão o “apetite” do PS pelo cargo, diz ainda_”O PS já ocupa todos os altos cargos públicos, faz lembrar o Zeca Afonso: ‘eles comem tudo“. O mandato de terminou há oito meses mas o PS veta todos os nomes propostos pelo PSD e por isso não há consenso .
Lembra Nascimento Rodrigues_ “deveria caber ao segundo partido [o PSD] a escolha” para se conseguir um “quadro mais vasto de equilíbrio democrático de poderes”. Os nomes propostos pelo PS têm sido Freitas do Amaral, António Arnault e Rui Alarcão, tudo da casta xuxalista sem condições de isenção. Mas estes foram rejeitados pelo PSD, que apresentou Laborinho Lúcio, este pelo menos fora das lides. O Provedor de Justiça sente a visível degradação da qualidade da vida política em Portugal .Para o polvo xuxalista a provedoria era a cereja em cima do bolo. Um orgão de controle democrático ao serviço dos cidadãos transformado num anexo do largo do rato.Isto vai a estar bonito vai! como diz Mário Crespo, qualquer dia é só fingir que votamos…Como o chefe anda com a imagem queimada, mandou a canzoada rosnar ao provedor e lá veio o virgulino caniço (aquele que é advogado – das imorais empresas de trabalho temporário que exploram e enganam trabalhadores na Holanda, Espanha e Alemanha – e depois no parlamento legisla a favor delas: tudo legal) fazer o frete, armando-se em malcriado com um senhor de suíças brancas, com idade para ser mais que pai dele: bem que podia enfiar duas biscas no anafado do fedelho. Esta criançada xuxalista perdeu a noção. Eu acho que o Cavaco devia considerar o Rato e São Bento uma TEIPTERRITÓRIO EDUCATIVO DE INTERVENÇÃO PRIORITÁRIA

Fonte: Blog soucontraacorrente.blogspot.com

20/03/2009 Posted by | Política: artigos de opinião, Uncategorized | | Deixe um comentário