Livresco’s Weblog

O que vou lendo por ai…

Isto é o que se chama “ganhar” dinheiro…: Ex-gerente do BPN acusado de desviar seis milhões

Queixa-crime. DIAP de Lisboa recebeu queixa do empresário Joaquim Sousa Lima

Bancário oferecia rendimentos de 30% a quem investia em ‘offshores’

Pelo menos um cliente do balcão Banco Português de Negócios (BPN) das Amoreiras, em Lisboa, fez queixa por burla contra o gerente da dependência que, alegadamente, terá desviado cerca de seis milhões de euros de clientes para contas offshore.

Segundo apurou a agência Lusa junto do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa, a queixa foi feita na terça-feira pelo empresário Joaquim Sousa Lima contra José Manuel Gama Pereira, que até ao final de 2008 geria o balcão do Centro Comercial das Amoreiras.

Apesar da confirmação do DIAP, Joaquim Sousa Lima nega que tenha apresentado queixa, admitindo contudo “uma divergência numa conta que tinha na agência das Amoreiras”. “Nada mais do que isso. Nem sequer posso, neste momento, estar a dizer o que é”, disse Sousa Lima.

De acordo com fontes bancárias, a burla atingirá cerca de seis milhões de euros. José Manuel Gama Pereira oferecia a clientes rendimentos de 30% caso estes concordassem em fazer depósitos na Instituição Financeira Internacional (IFI) do BPN em Cabo Verde, de onde depois retirava o dinheiro.

A fraude, segundo as mesmas fontes, implicou também a falsificação de assinaturas de clientes para transferir dinheiro para as contas offshore. A operação terá tido início no ano 2000 e atingiu maiores proporções em 2004. No final de 2008 o banco transferiu José Manuel Gama Pereira do balcão das Amoreiras para o balcão do bairro lisboeta de Campo de Ourique. Foi então que a fraude foi descoberta, quando os antigos clientes de Gama Pereira se dirigiram ao novo gerente para pedir informações sobre as suas aplicações financeiras, das quais não existiam vestígios, também de acordo com as mesmas fontes bancárias.

O departamento de auditoria do BPN também já iniciou uma investigação interna

a José Manuel Gama Pereira, que, segundo quem o conhece, aparentava sinais exteriores de riqueza. Entre outros bens, o bancário possuía um todo-o-terreno Porsche Cayenne e um descapotável Mercedes SLK. Neste momento, fonte conhecedoras do processo garantem que José Manuel Gama Pereira está em paradeiro incerto.

Contactada pela Lusa, a administração do BPN, banco liderado por Francisco Bandeira desde a nacionalização, escusou-se a fazer quaisquer comentários. LUSA

Fonte: Diário de Notícias

Anúncios

11/01/2009 - Posted by | Uncategorized |

1 Comentário »

  1. Eu tambem fugia com essa massa !!!

    Comentar por DG | 22/10/2009 | Responder


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: