Livresco’s Weblog

O que vou lendo por ai…

Este Portugal é uma alegria…: Cartaxo: algumas das secções não têm quadros que os justifiquem Concurso ilegal elege 14 chefes

A Câmara do Cartaxo publicou um concurso público “irregular” para 14 chefes de secção e muitos dos serviços não têm quadros que justifiquem a existência dos cargos. É o caso do departamento de sinalização e trânsito, onde o novo chefe é Vítor Varela Caldas, pai do presidente da autarquia, Paulo Caldas (PS). Este concorrente está em comissão de serviço como chefe de gabinete da vereadora Rute Ouro, vogal efectiva do júri. E Arménio Coito, dirigente do STAL, que não presta serviço na Câmara há 17 anos, é o novo “chefe” da única técnica superior de património do quadro da autarquia.

Uma das concorrentes apresentou queixa na Procuradoria-Geral da República e no Ministério Público por considerar que a homologação dos resultados é irregular. Foi feita pelo vice-presidente da Câmara, Francisco Casimiro, presidente do júri do concurso. Paulo Caldas, garante que ‘tudo o que não estiver de acordo com a Lei será imediatamente sanado. Se não houver possibilidade de sanar ou corrigir eventuais erros, então o concurso será anulado’.

Sobre a necessidade de abrir o concurso, o autarca explica que na última revisão orgânica se detectou ‘uma grande falta de quadros em patamares intermédios de responsabilidade’, refutando ‘qualquer tipo de insinuações políticas sobre favorecimentos pessoais’.

Fonte: Correio da Manhã

Anúncios

06/01/2009 Posted by | Política: notícias | | 2 comentários