Livresco’s Weblog

O que vou lendo por ai…

SOL: Equipa do Furacão e Deloitte avisaram Constâncio

Vítor Constâncio, governador do Banco de Portugal (BdP), podia e devia ter tido rédea mais curta com o BPN, evitando a espiral de alegados crimes e ilícitos que conduziu à nacionalização do banco, consideram vários especialistas ouvidos pelo SOL

Logo em 2002 o Banco de Portugal teve conhecimento de várias anomalias contabilísticas no grupo Banco Português de Negócios (BPN).

Nessa data a auditora Deloitte levantou reservas às contas do BPN.

Fonte oficial do BdP alega, entretanto, que ele próprio já tinha detectado problemas, «transmitindo as dúvidas à administração do BPN em reunião de Dezembro de 2002 – anteriormente, portanto, à elaboração do relatório da Deloitte».

A instituição sublinha ainda que as situações «foram devidamente averiguadas e resolvidas». E esta semana o governador do BdP veio dizer que as contas estavam auditadas e certificadas, «nada fazendo pressupor a existência de actividades não registadas», «vastas operações clandestinas» que vieram a lume depois da saída de José Oliveira e Costa, no início deste ano.

Mas fonte da Deloitte contrapõe, dizendo que «só não viu quem não quis; o relatório [com as denúncias de irregularidades] continua, aliás, no site do banco».

Continue a ler esta notícia na edição impressa espalhada nas bancas por todo o país

LINK

Anúncios

09/11/2008 - Posted by | Política: notícias | , , ,

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: