Livresco’s Weblog

O que vou lendo por ai…

Congresso – secretário de Estado deixa o alerta “Trabalhadores serão trucidados”

Este sr. com afirmações destas de cariz nazista num pais civilizado e dito do primeiro mundo tinha sido posto na rua no mesmo instante em que proferiu estas afirmações…

TRUCIDAR?:

trucidar

Conjugar

do Lat. trucidare

v. tr.,
matar cruelmente, com barbaridade;
mutilar.

31 Outubro 2008 – 00h30

Vítor Mota Castilho dos Santos diz que os trabalhadores não têm receio mas sim expectativaCastilho dos Santos diz que os trabalhadores não têm receio mas sim expectativa

O secretário de Estado da Administração Pública, Gonçalo Castilho dos Santos, diz que o “mítico dia 1 de Janeiro de 2009” não marcará o início da reforma da Administração Pública, porque ela “já está no terreno” e alerta que quem não cumprir as exigências que a lei impõe “será trucidado”.

“Trabalhadores, serviços e dirigentes que não estejam com a reforma serão trucidados”, afirmou o governante, no encerramento do Congresso Nacional da Administração Pública. Para Castilho dos Santos, os funcionários devem ter a noção de que “a reforma já não pode andar para trás”, pelo que “trucidará quem não estiver com ela”.

O secretário de Estado lembrou à plateia que “a lei têm consequências para quem não a cumprir” e sublinhou que “é inaceitável que em Outubro e Novembro haja serviços que ainda não definiram os objectivos para esse ano”. “Se a lei diz que até ao final do ano deve haver uma comissão paritária em todos os serviços, a lei tem que ser cumprida”, reiterou.

Castilho dos Santos referiu ainda que o “Governo não está de braços cruzados na consolidação da reforma”, pelo que serão publicadas, em Novembro, duas circulares dirigidas aos serviços. Uma será interpretativa do SIADAP, que avalia o desempenho dos trabalhadores, e a outra tipificará as mudanças que irão decorrer da entrada em vigor do novo contrato de trabalho em funções públicas.

Aliás, Correia de Campo, presidente do Instituto Nacional da Administração (responsável pela formação dos dirigentes do Estado), admitiu ter dúvidas na contratação. “Eu reconheço-me muito pouco preparado”, disse, acrescentando que “existe uma grande dose de desconhecimento sobre como tratar a contratualização no sector público”. Confrontado com estas declarações, o secretário de Estado foi claro: “Não vejo como um sinal de receio. As pessoas têm é uma grande expectativa em perceber o que vai mudar nas suas vidas.”

PORMENORES

RONDA PELO PAÍS

Teixeira dos Santos vai estar presente na primeira sessão de esclarecimento aos funcionários, em Braga.

REUNIÕES NAS CAPITAIS

Todas as capitais de distrito vão receber a visita dos governantes.

OBJECTIVOS

98% dos serviços do Estado já têm os objectivos publicados.

UGT PROMOVE DEBATE

Dia 14 de Novembro, a UGT vai promover um debate sobre a nova contratação pública.

LINK

Anúncios

01/11/2008 - Posted by | Uncategorized | ,

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: