Livresco’s Weblog

O que vou lendo por ai…

DN: A justiça portuguesa tem de se dar ao respeito

O assalto nocturno ao Tribunal de Almada é grave por várias razões. A principal delas é porque os ladrões acharam (e aparentemente bem) que é mais fácil roubar a caixa multibanco no interior do tribunal do que no meio de uma rua escura e deserta.

A vulnerabilidade dos tribunais, desprovidos de sistemas de videovigilância e sem guarda de qualquer tipo da meia-noite até às oito da manhã, não é um segredo bem guardado por um grupo de ladrões mais espertalhaços. Toda a gente sabe isso, como o demonstra o facto de há um mês ter sido roubada uma outra caixa multibanco do átrio do Tribunal de Loures.

Dando razão ao provérbio “depois de casa roubada, trancas à porta”, o ministro da Justiça, Alberto Costa, iniciou o processo tendente a repor a vigilância privada 24 horas por dia aos principais tribunais, que existia até que há cinco anos a sua antecessora Celeste Cardona achou por bem retirá-la.

A justiça portuguesa tem de ser dar ao respeito. Os tribunais são a casa onde é administrada a justiça. Não podem continuar o local mais fácil para ir buscar um caixa multibanco e onde os arguidos roubam ou abusam fisicamente dos juízes.

Como se já não bastasse um sistema judicial entupido por 1,5 milhões de processos, os tribunais parecem ser, às três da manhã, um local menos seguro que o Cais do Sodré.

CONTINUA: LINK

Advertisements

07/08/2008 - Posted by | Política: notícias | , ,

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: