Livresco’s Weblog

O que vou lendo por ai…

Já não tenho paciência para o Vital Moreira – por esta lógica vou por água no meu carro: “Para haver investimento em infra-estruturas públicas não é necessário ter dinheiro público disponível”

LINK

Anúncios

08/07/2008 Posted by | Política: artigos de opinião | | Deixe um comentário

O Direito lava mais branco

O Direito lava mais branco

Houve tempos em que à mulher de César não bastava ser honesta, tinha também que parecê-lo. Hoje nem César nem a mulher precisam de ser honestos, basta que pareçam honestos. Ou menos: basta que não se possa provar que são desonestos.

É um dos aspectos daquilo que convencionou chamar-se de judicialização da vida política e social, a substituição da ideia de verdade material pela (pós-moderna q.b.) de simulacro, como é a noção de verdade formal típica do Direito.

É assim que toda a gente honesta que para aí anda, da banca & negócios à política e ao futebol, se tornou de repente especialista em meios de prova e recita versículos do CPP como um “mullah” recita o Corão. Alguém foi apanhado numa escuta a combinar uma trafulhice? Não basta para ser desonesto.

Para isso, é preciso ainda que não haja algures uma alínea que permita fazer de conta que o que foi dito não foi dito, mantendo devidamente limpa a consciência de quem disse mas é “como se” não tivesse dito.

O complexo formalismo do Direito substitui hoje com vantagem o método tradicional de ter a consciência limpa, que era não lhe dar uso.

LINK

08/07/2008 Posted by | Política: artigos de opinião | , | Deixe um comentário

País com bolinha

Pa�s com bolinha  

Vem daí, crónica, falemos de perfeição e arranjemos, como Pound, bastantes desafectos. O fastidioso Porto-Benfica que há meses se joga por aí sob o imponderado título de “Apito final” tem os ingredientes de uma novela faquista apenas aconselhável a adultos com sólida formação moral.

No “plot” central, um clube do pontapé na bola procura tenazmente meter pela janela o que deixou fugir pela porta, sempre estreita, da competição, enquanto outro é acusado de tentar ganhar em quartos de hotel o que é suposto ser ganho, convocando o empiriocriticista Gabriel Alves, “dentro das quatro linhas”. Depois, em “plots” secundários, personagens não menos secundárias, como o presidente do CJ da Federação (onde representou agora papel semelhante ao que, com decoroso sucesso, já representara no CJ da AFP), atirando-se para o chão como profissionais da falta simulada e trocando golpes baixos capazes de fazer do provedor de iniquidades Monk Eastman o mais transparente dos anjos. Não, não é o “mundo do futebol”. É o país com bolinha no canto superior direito de que todos somos hoje figurantes e espectadores.

LINK

08/07/2008 Posted by | Política: notícias | , , , | Deixe um comentário

Que grande descoberta…enfim…: Abramovich admite que fez fortuna à base de subornos

Rússia. ‘Times’ revelou conteúdo do documento judiciário de defesa do milionário russo Empresário recusa dar mais dinheiro ao compatriota Berezovski O proprietário do clube de futebol Chelsea, Roman Abramovich, admitiu pela primeira vez que fez fortuna à custa da compra de favores políticos e da influência de velhos oligarcas próximos do Kremlin. O multifacetado milionário russo, de 41 anos, conta tudo num documento judiciário que preparou para a sua defesa no litígio que o opõe ao seu compatriota Boris Berezovski e cujo conteúdo foi revelado pelo jornal Times.

CONTINUA: LINK

08/07/2008 Posted by | Política: notícias | , | Deixe um comentário