Livresco’s Weblog

O que vou lendo por ai…

A TAP não está numa situação financeira dificil?: Presidente da TAP – Ordenado quadriplicou em 5 anos

Fernando Pinto passou de 190 mil para 1,2 milhões de euros de vencimento anual. O Conselho de Administração Executivo da TAP custa à empresa quase quatro milhões de euros por ano

CONTINUA: LINK

Anúncios

05/07/2008 Posted by | Política: notícias | , | 1 Comentário

A interligação destas duas notícias é algo preocupante…

PSP investiga PJ envolvido com detective particular

Nelson Morais

Um inspector da Polícia Judiciária e quatro agentes da PSP, de Lisboa, foram apanhados por, alegadamente, trabalharem para um detective privado e utilizar equipamentos das corporações. Tudo começou com vigilâncias a uma mulher.

Além daqueles cinco elementos das autoridades, foram constituídos arguidos funcionários de empresas operadoras telefónicas, que também seriam colaboradores do detective.

Tudo começou quando uma mulher desconfiou que um homem com quem tinha um relacionamento sabia de mais sobre a sua vida, tantos eram os pormenores, muitos deles que só ela conhecia e que eram descritos com adequado rigor. Da desconfiança, a mulher passou à acção e participou o caso à PSP, que encetou as respectivas investigações e acabou por colocar tudo a nu. As autoridades apuraram, então, que aquele indivíduo teria contratado um detective privado para lhe seguir os passos. Por sua vez, aquele detective mantinha um esquema de operações bem montado de que faziam parte, pelo menos, quatro agentes da PSP e um inspector da PJ.

CONTINUA: LINK

Processo de Judas ameaçado de prescrição

Director da PJ adiou busca a casa de Jorge Coelho

O processo relativo à gestão de José Luís Judas na Câmara de Cascais arrasta-se, e os eventuais crimes de que venha a ser acusado dificilmente terão consequências, já que na sua maioria estão prestes a prescrever. Entretanto, os magistrados intervenientes no processo apuraram estranhos factos

05/07/2008 Posted by | Política: notícias | | Deixe um comentário

Então a Ministra da Educação deve estar noutro mundo: «Estar no Governo é como estar no País das Maravilhas, o mundo altera-se» O ex-ministro das Finanças só quando experimentou o «inner circle» é que se apercebeu das diferenças

Luís Campos e Cunha gosta de se apresentar como professor de economia mas já foi ministro das Finanças e vice-governador do Banco de Portugal apesar de não fazer questão de usar os antigos cargos como «cartão de visita».

Ao fim de quatro meses com a pasta do Ministério das Finanças bateu a porta ao Governo de José Sócrates e agora aos 54 anos considera que ser professor é a sua vida.

Durante o período em que esteve no poder viu «um lado da vida que conhecia mal». Apesar de conhecer os intervenientes só quando experimentou o «inner circle» é que se apercebeu das diferenças. «É como a Alice no País das Maravilhas. O mundo altera-se»

LINK

05/07/2008 Posted by | Política: notícias | , | Deixe um comentário

MILAGRE NA MATEMÁTICA

João Marcelino

Num ano, num simples ano, os jovens portugueses do secundário resolveram milagrosamente os seus problemas com a Matemática e passaram de uma média de 9,4 para 12,5. Em sentido inverso, mas ainda mais positivo, as próprias reprovações, que eram de 18%, baixaram para 7%. Um duplo êxito? Não! A Associação Portuguesa de Matemática, obviamente, desconfia; o ministério, incomodado, admite que “não se podem fazer comparações seguras” com o ano anterior; e, perante este quadro, nada impede um cidadão de temer que tal fenómeno se deva apenas a uma mudança de critérios, agora mais “amigos” na avaliação da ignorância.

Seja como for, esta situação ilustra o que nos últimos anos se tem passado na sociedade portuguesa e a todos os níveis.

Esmagado pela estatística, sobretudo no ensino e na saúde, o País interiorizou, com os governantes à cabeça, que a convergência com a Europa é um simples exercício numérico. Tudo estará bem se as estatísticas, ratificadas na Europa, forem melhores.

Fosse assim tão simples tratar da realidade…

05/07/2008 Posted by | Educação: artigos de opinião | , , , , | Deixe um comentário

“Há quem diga que a entrevista [de José Sócrates] à RTP foi um estertor. Não me parece, mas nota-se que muito do que estava cimentado é hoje colado com cuspo. E continua a não haver autocrítica. Nem uma gota”. Nuno Rogeiro, “Jornal de Notícias”, 04-07-2008

LINK

05/07/2008 Posted by | Política: artigos de opinião | | Deixe um comentário