Livresco’s Weblog

O que vou lendo por ai…

Olha o Bloco Central a “nascer”: Ó Dias Loureiro não o gabes mais…o que é demais soa a falso…será que existe algum tacho garantido…como nós sabemos: favores pagam-se com favores

Dias Loureiro compara primeiro-ministro a Tony Blair

“Sócrates muito longe de estar acabado”
O chefe do Governo recebeu os maiores elogios à sua personalidade e carreira política pela voz de um dos mais influentes barões do PSD.
Ângela Silva
20:18 | Segunda-feira, 30 de Jun de 2008



"Sócrates muito longe de estar acabado" A jornalista Eduarda Maio ouve o comentário de Dias Loureiro
Tiago Petinga
A jornalista Eduarda Maio ouve o comentário de Dias Loureiro

Foi dos maiores elogios alguma vez ouvidos à personalidade e carreira política de José Sócrates. Na apresentação da biografia autorizada do primeiro-ministro – “Sócrates: O Menino de Ouro do PS” da autoria da jornalista Eduarda Maio -, Manuel Dias Loureiro, ex-ministro de Cavaco e histórico do PSD, comparou o primeiro-ministro socialista a Tony Blair e anteviu que a vida política de Sócrates está “muito longe de estar acabada”.

Para Dias Loureiro, “tal como Tony Blair” José Sócrates “é infatigável” e saberá resistir à conjuntura. “Coragem”, “prudência”, “sensatez”, “capacidade de liderança” e “generosidade” foram algumas das qualidades apontadas pelo actual Conselheiro de Estado de Cavaco Silva ao primeiro-ministro socialista.

Em sua opinião, além de “trabalhador e generoso”, José Sócrates tem “capacidade estratégica”, e “optimismo”, o que, explicou o social-democrata, “faz com que na total dificuldade ele não tenha uma atitude de abandono”.

A forma como José Sócrates desempenhou a presidência da União Europeia, a ideia que lançou no país de “choque tecnológico”, a venda livre de medicamentos fora das farmácias – a primeira medida que anunciou mal tomou posse -, foram exemplos dados por Dias Loureiro para enaltecer a capacidade estratégica e a coragem política que diz reconhecer no primeiro-ministro português.

Ao seu lado, o socialista António Vitorino salientou o facto de Sócrates ser um representante da geração de herdeiros dos fundadores do regime democrático, e de ter sido reconhecido, de forma pacífica no PS, como o melhor dessa geração para assumir o poder no país. Vitorino enalteceu também a arte de comunicar do PM que sublinhou ser uma qualidade e não um defeito como por vezes se aponta.

Eduarda Maio, autora da biografia, contou que algumas das pessoas com quem teve a falar sobre Sócrates mostraram-se indisponíveis pelo facto deste ainda estar no activo.

Dias Loureiro, em conversa com os jornalistas presentes na sessão, esquivou-se a comentar a actuação da actual líder do seu partido, Manuela Ferreira Leite, alegando, precisamente, “não comentar lideranças no activo”. Um argumento que não prevaleceu na elogiosa avaliação que aceitou fazer do primeiro-ministro socialista.

LINK

01/07/2008 - Posted by | Política: notícias | ,

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: