Livresco’s Weblog

O que vou lendo por ai…

Pergunta no exame de Matemática Aplicada às Ciências Sociais levanta dúvidas

27.06.2008, Bárbara Wong

Júri nacional enviou esclarecimento dos critérios de correcção. Alunos que tiverem justificado porque não responderam têm pontuação máxima

A pergunta 4.2 do exame de Matemática Aplicada às Ciências Sociais não tem dados suficientes para se concluir qual a resposta certa. Inici-
almente, os critérios de correcção previam que pudesse ser “falsa”, mas também “verdadeira”. Anteontem, chegou às escolas um esclarecimento onde se prevê que o aluno receba a classificação máxima caso justifique porque é que não tem dados suficientes para responder. A pergunta vale 12 pontos em 200.
É um erro? O Ministério da Educação (ME) diz que não. A Associação de Professores de Matemática (APM) diz que “a pergunta não devia ter sido formulada da maneira como foi”. Foram 8800 os alunos que, no passado dia 23, responderam à prova 835. A pergunta 4 é sobre um inquérito; o enunciado apresenta vários gráficos e tabelas; e é pedido aos examinandos que olhem para um diagrama e justifiquem se determinada afirmação sobre a idade dos inquiridos é verdadeira ou falsa.
É esta a pergunta contestada. “O exame tem uma pergunta mal feita porque os alunos não têm toda a in-
formação necessária para poder res-
ponder”, explica José Rodrigo Queirós, professor de Matemática e corrector desta prova, que alertou o Gabinete de Avaliação Educacional (Gave) e a APM para esta questão.
“A pergunta não devia ter sido
formulada da maneira como foi”, confirma Rita Bastos, presidente da APM.
A associação também já tinha detectado o problema e alertou o Gave, que “alterou os critérios aceitando mais uma resposta como certa”, informa Rita Bastos. Segundo Rui Nunes, assessor de imprensa do Ministério da Educação, “não há qualquer erro e não há qualquer correcção aos critérios de correcção”.
O certo é que o Júri Nacional de Exames (JNE) enviou um esclarecimento às escolas onde altera as pontuações dadas à pergunta 4.2. Nos critérios publicados na página de Internet do Gave (www.gave.min-edu.pt), a pergunta vale 12 pontos se o aluno responder que a afirmação é “falsa” e justificar; dois valores se só disser que é “falsa”, mesmo que a justificação esteja incorrecta ou que não justifique; 11 pontos se justificar porque é “verdadeira”; e zero pontos para quem “apresenta outra resposta”. Agora, o esclarecimento do JNE prevê que “caso o aluno afirme que não tem dados suficientes” e o justifique, a resposta deve ser classificada com 12 pontos; se não justificar, recebe 11 pontos em 200.
“É um esclarecimento para cobrir todo o espectro de respostas certas”, defende Rui Nunes. Ou seja, a pergunta tem três respostas possíveis. Para Rita Bastos, o importante é defender os interesses dos alunos e esses estão agora assegurados.

LINK

Anúncios

27/06/2008 - Posted by | Uncategorized

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: