Livresco’s Weblog

O que vou lendo por ai…

Agora é a vez dos juízes levarem cargas de porrada – estavam a seguir aos professores!

É professores a levarem cargas de porrada, agora é a vez dos juízes, a polícia já vai levando quando calha – já não há respeito nenhum!, só quando um político levar um bom enxerto é que eles abrem os olhos ao que isto está a chegar!

Anúncios

26/06/2008 Posted by | Política: notícias | | Deixe um comentário

Agora querem “amanteigar” os professores!?


Deixem os polícias em paz – se as ordens vieram de cima e bem de cima (JS) cheira a hipócrisia

26/06/2008 Posted by | Educação: notícias | | Deixe um comentário

IOL Diário – Porto: professora agredida no interior de escola

26/06/2008 Posted by | Educação: notícias | | Deixe um comentário

Educação Especial: a CIF – desaparece lá com eles…

26/06/2008 Posted by | Educação: artigos de opinião | , | Deixe um comentário

“Maria de Lurdes Rodrigues” diz que é falso e que foi uma única beata!

26-06-200811:55h

Escola Segura:

apreendidas 20 mil doses de droga

PSP diz que quantidade de substâncias ilícitas apreendida é um «facto circunstancial»

Entre 26 de Maio e 20 de Junho, a PSP apreendeu 14.450 doses de haxixe, 5.976 doses de heroína e 710 doses de cocaína, num total de 21.136 doses de droga. Os números foram divulgados no site da Polícia de Segurança Pública (PSP), esta quinta-feira. No ano passado, em todo o ano lectivo, os agentes apenas apanharam cerca de 1.200 doses.

Em declarações à agência Lusa, fonte da PSP explicou que a diferença de valores é um «facto circunstancial», eventualmente houve mais droga apreendida num determinado local.

A mesma fonte explicou ainda, que «mais de 90 por cento das ocorrências registadas nesta operação não envolvem elementos da actividade escolar» e recordou que algumas das escolas vigiadas se inserem em «áreas problemáticas».

Mas há outros números de relevo. Foram detidas 504 pessoas: 134 por mandado de detenção; 149 por falta de carta de condução e 120 por condução sob o efeito de álcool. Entre outros crimes.

Quanto à fiscalização rodoviária perto de áreas escolares foram detectadas 6481 infracções, das quais se salientam: 609 por uso de telemóvel durante a condução; 363 por condução sem utilização de cinto de segurança; 313 por falta de inspecção; 115 por falta de seguro e 73 por não utilização do dispositivo de retenção de criança.

Quanto aos estabelecimentos foram detectadas as seguintes infracções: 26 por funcionamento fora do horário autorizado; 6 por falta de livro de reclamações; 2 por frequência de menores sozinhos em salas de jogos; 1 por venda de tabaco a menores de 16 anos e 1 por venda de bebidas alcoólicas a menores.

LINK

26/06/2008 Posted by | Educação: notícias | Deixe um comentário

Se isto não é “A Vergonha” o que é?

25-06-200819:08h

Parlamento: 82 por cento dos deputados ausentes

Conta Geral do Estado de 2006 foi debatida com menos de 46 deputados

A Conta Geral do Estado de 2006 foi debatida esta quarta-feira no Parlamento durante cerca de 15 minutos com menos de 46 deputados presentes no plenário, o número estabelecido para o quórum de funcionamento, noticia a Lusa.

Às 17:20 horas estavam no hemiciclo seis dos oito deputados do CDS-PP, nove dos 75 do PSD, quatro dos seis deputados do BE, 16 dos 121 deputados do PS, cinco dos onze do PCP, a deputada independente Luísa Mesquita e um dos dois deputados dos Verdes, somando 42 presenças. Pouco antes havia 44 deputados em plenário.

O Regimento da Assembleia da República estabelece que as reuniões plenárias só podem funcionar «com a presença de, pelo menos, um quinto do número de deputados em efectividade de funções», ou seja, 46 dos 230 deputados.

Durante o debate da Conta Geral do Estado de 2006, o PSD acusou o Governo de ter recorrido a receitas extraordinárias com a venda de património e questionou a fiabilidade do valor do défice.

No início do debate, o deputado do PSD Duarte Pacheco fez questão de lamentar o tempo dedicado à discussão da Conta Geral do Estado em plenário três minutos para cada grupo parlamentar – quando o Orçamento do Estado é debatido durante três dias.

«A competência de fiscalização da Assembleia da República está posta em causa», considerou.

LINK

26/06/2008 Posted by | Política: notícias | , | Deixe um comentário